O que é Metástase Cerebral?


Metástase é o termo utilizado quando células tumorais se desprendem de um tumor e entram na corrente sanguínea do paciente, formando uma nova lesão em outra parte do corpo.

Câncer de mama, pulmão e pele, o melanoma, comumente se espalham para a região do cérebro. O tumor de origem das células metastizadas é denominado tumor primário.

Sintomas:

O tamanho do tumor e a sua localização no cérebro interferem muito nos sintomas. Normalmente os tumores possuem uma localização periférica, pois chegam ao cérebro pela circulação terminal dos vasos cerebrais.

Frequentemente são encontrados próximo ao cerebelo, na fossa posterior, região responsável pelo equilíbrio e coordenação motora do corpo. Sintomas usuais da Metástase Cerebral são náuseas, vômitos, dores de cabeça matinais e alteração do nível de consciência.

Diagnóstico:

Os primeiros indícios da doença surgem através de um exame físico do paciente. Caso surja a suspeita de Metástase Cerebral, devem ser realizados exames de imagem como tomografia computadorizada do cérebro, utilizando contraste, e ressonância magnética do encéfalo.

Tratamento:

Para a Metástase Cerebral, não existe um padrão de tratamento. A escolha da melhor técnica vai depender do estado clínico do paciente, sua idade e se já apresentou outras metástases anteriores.

Se o paciente está em bom estado físico e a lesão está alojada em um local de fácil acesso para o neurocirurgião, a melhor opção é o procedimento de retirada cirúrgica. Já lesões mais profundas, de difícil acesso, devem ser tratadas com radioterapia.

Para mais informações acesse Neurocirurgião em Porto Alegre.

IMPORTANTE: As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional e de nenhuma forma devem ser utilizados para autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.